Contabilidade

Perguntas Frequentes - Serviço de Suporte Alvo Go
Fiz a passagem de saldos, e algumas contas de classe 6 aparecem no balancete de abertura.
Na configuração de Conta, verifique qual a Classe que está atribuída. A Classe deve reflectir a natureza da Conta (Investimento, Inventário, Capital, Resultados, etc.). Depois de alterar, efectue de novo a passagem de saldos.
Como configurar a recolha de dados para os anexos 40 e 41?
Para ativar a recolha de dados para os anexos 40 e 41 é necessário verificar os seguintes aspetos:

1. No Administrador após selecionar a empresa aceder a Contabilidade | Parâmetros da Empresa, no separador "Ativar Funcionalidades" selecionar a opção "Tratamento de IVA";
2. Ainda no Administrador aceder a Contabilidade | Parâmetros do exercício, no separador "Gerais" selecionar a opção "Pedidos de Reembolso de IVA"; 
3. No ERP, em Tabelas | Contabilidade | Documentos, no separador "Geral", verificar que os documentos que se pretende que tratem IVA têm a opção de "Recolha de informação de terceiro" configurada para "Pedidos de Reembolso" ou "Reembolso de IVA/ Trans. Intracomunitárias";
4. Em Tabelas | Contabilidade | Planos | Plano de IVA, as classes em causa têm a opção "Sujeito a recolha de terceiro nos movimentos" ativa.
5. Mapas dos terceiros (conta da cbl | sep. Integração com Logística e selecionar o terceiro respetivo) Após a correta configuração da aplicação, basta que nos lançamentos seja feita a recolha de terceiro nas respetivas classes de IVA (visualmente detetável se a mesma estiver a verde). 

Nas classes de IVA, no Separador "Modelos Fiscais" ficam disponíveis os novos anexos:
DPIVA-A40: Anexo 40;         
DPIVA-A41: Anexo 41.

Em cada um destes anexos as linhas integradas em quadros (tabela) são preenchidas da seguinte forma:

Exemplo:
01-A 78 N2 (incidência) preencherá de forma automática (base de incidência da regularização e IVA Regularizado) a linha respetiva no quadro 1 (Regularizações a Favor do Sujeito Passivo - Abrangidas pelo Art. 78º e pelo Novo Regime do Art.º 78º-A a 78º-D) Subquadro 1-A, Artigo 78º número 2.

No casos de quadro (não tabela) são preenchidos da seguinte forma: 

Exemplo:
01-F 78 A (incidência) e IVA (IVA) preencherá de forma automática (IVA Regularizado) a linha respetiva no quadro 1 (Regularizações a Favor do Sujeito Passivo - Abrangidas pelo Art. 78º e pelo Novo Regime do Art.º 78º-A a 78º-D) Subquadro 1-F, Artigo 78º número 2 a).
Ao visualizar a exploração “Extracto de conta corrente” não estão a aparecer várias contas
Deverá verificar no sep. “Opções” se a opção “Contas com valor NULO” está desativa.
Ao lançar uma fatura com retenção e ligação à contabilidade, surge a seguinte mensagem:
“Esta conta é necessária para associar as retenções que vai servir para a geração do modelo 10”
Esta mensagem ocorre quando se efetua a integração na Contabilidade de um documento do módulo de Logística e Tesouraria, configurado como sujeito a retenção na fonte.
Para ultrapassar esta situação é necessário indicar nas contas de terceiros da Contabilidade (21..., 22..., 26...) que efetua tratamento de retenção na fonte, segundo os passos:        

1. Aceder a Tabelas | Contabilidade | Planos | Planos de Contas;         
2. Editar as contas de terceiros;         
3. Activar a opção "Retenções na Fonte";         
4. Indicar a natureza de recolha;         
5. Gravar.

Caso não se pretenda efectuar a ligação à contabilidade com a retenção, então deve ser retirada a configuração "Sujeito a Retenção na Fonte" na configuração da ligação à contabilidade do documento pretendido.
Para isso, efectuar os passos seguintes:        

1. No Administrador, [Empresa] | Logística e Tesouraria | Ligação à Contabilidade;         
2. Seleccionar o documento;         
3. Desactivar a opção "Retenção na Fonte", disponível no separador "Configuração", secção "Sujeito a";         
4. Gravar.
Como contabilizar documentos Anulados na Contabilidade
Pode fazer sentido se se pretender efetuar o registo contabilístico desses documentos anulados.
Ou seja, regra geral, no caso de anulação de documentos não é obrigatória a sua contabilização, no entanto existem empresas/contabilistas que preferem contabilizar esses documentos de forma a que a numeração seja sequencial na contabilidade.
Para fazer face a esta problemática a Primavera implementou uma funcionalidade nos documentos diferidos que passa por ser possível escolher se se pretende contabilizar esses documentos ou não.

1. No quadro de movimentos diferidos, sep. “Restrições”, ativar a opção “Incluir documentos anulados”

O Alvo Go é o plano de suporte técnico mais
simples e mais económico do mercado.

Sem contrato
Sem obrigações
Sem compromisso
Rápido
Em horário alargado
@ 2018 Alvo - Todos os direitos reservados