Segunda fase do processo de certificação é já no início de 2012

Mês outubro

Segunda fase do processo de certificação é já no início de 2012

Data 20/10/2011

A Alvo (www.alvo.com) definiu uma campanha para ajudar as empresas que em 2011 tenham um volume de negócios superior a 150.000 euros e que são obrigadas, já a partir de 2012, a utilizar um software de faturação certificado.

Na sequência da publicação da Portaria n.º 363/2010, os softwares de faturação passaram a ter que ser certificados pela Direção Geral das Contribuições e todas as empresas com um volume de faturação superior a 250.000 euros passaram a ter de cumprir esta legislação. A partir de 1 de Janeiro de 2012 é a vez das empresas com um volume de negócios superior a 150.000 euros passarem a estar abrangidas por esta obrigação.

A Alvo, antecipando eventuais questões por parte dos seus clientes, disponibilizou o documento “Certificação de Software”, que responde às dúvidas mais frequentes e explica como configurar o ERP Primavera de forma a cumprir a legislação.

Além disso, para ajudar as empresas a cumprirem mais facilmente esta obrigação, a Alvo lançou uma campanha com descontos especiais que decorrerá entre 20 Outubro e 23 de Dezembro. As condições desta campanha são as seguintes:

  • Para novos clientes Primavera: oferta de um pacote que integra software Starter/Starter Plus com 45% de desconto e formação e-learning
  • Para upgrades de versões Primavera anteriores: 40% de desconto no software

O ERP Primavera certificado está disponível nos modelos tradicionais ou em cloud computing, que permite aceder ao software de gestão a partir da Internet e reduzir custos de aquisição do software.

Para mais informações sobre a certificação de software e sobre as condições desta campanha, contacte a Alvo através do endereço [email protected] ou do número gratuito 800 789 789.

Para mais informações contacte

  • Sílvia Carvalho

    Marketing, comunicação e média

  • 217221100

    ou nº grátis: 800 789 789

  • [email protected]

    Questões ou sugestões

Imagens e documentos para esta notícia

Subscreva a nossa newsletter