Alvo aposta no mercado dos Palop

Mês abril

Alvo aposta no mercado dos Palop

Data 22/04/2013

A Alvo (www.alvo.com), empresa tecnológica nacional líder na implementação de soluções inovadoras de software de gestão para PME, encontra-se a reforçar a sua estratégia de internacionalização, com a aposta no mercado dos PALOP.

Seguindo a sua estratégia de expansão concertada, a Alvo tem vindo a reforçar e ampliar a sua área de influência, levando até novos mercados a elevada qualidade da tecnologia nacional, que com a sua adequação à realidade empresarial de cada país, tem motivado a conquista crescente de novos clientes. O mercado dos PALOP é um exemplo da viabilidade desta estratégia de actuação, em que Alvo tem crescido significativamente e que representa um factor crítico de sucesso sobretudo no actual momento de contração económica nacional.

Assim no que se refere ao mercado Angolano, os clientes da Alvo são designadamente a Cimianto/Lupral e o Grupo Vernon, entre outros. Relativamente ao mercado Moçambicano, a Alvo esteve presente em vários projectos dos quais de destacam clientes como Vale Moçambique e Galp Energia.

Para além disto, também foi estabelecida uma parceria com a Cofimática (empresa de direito moçambicano) com a qual a Alvo tem realizado projectos conjuntos, como por exemplo o projecto da CDN – Corredor de Desenvolvimento do Norte, SARL, um consórcio responsável pela construção da linha férrea entre Tete e o porto de Nacala e Malawi.

Por último, no mercado de Cabo Verde, a Alvo participou em projectos no Hotel Morabeza, nos Hotéis Oásis Atlântico e na Enacol.

“Os mercados dos PALOP têm grande potencial de crescimento, nomeadamente o de Angola e Moçambique, por serem os que neste momento oferecem as melhores condições de crescimento a nível interno e este factor aliado ao facto de a Alvo ter participado em diversos projectos nestes mercados, conjugado com o know-how, o software e serviços que oferece aos seus clientes colocam-na numa posição favorável para conquistar novos clientes e novos projectos” disse Carlos Couto, Director Geral da Alvo.

“Obviamente que apesar desta nossa vertente mais internacional, continuamos a apostar e a reforçar a nossa presença no mercado nacional, quer como novos softwares, quer com novos serviços, por forma a responder cabalmente às necessidades dos nossos clientes” acrescentou Carlos Couto, Director Geral da Alvo.

Sobre a Alvo
Fundada em 1991, a Alvo tem crescido de forma notável e sustentada com uma estratégia de serviços de qualidade e uma política de desenvolvimento de parcerias de sucesso com as melhores empresas de tecnologias como a Primavera BSS, Microsoft e GFI. Com uma equipa de 37 colaboradores, a Alvo já realizou projectos em cerca de 3600 empresas – dos sectores público, financeiro, farmacêutico, entre outros – em Portugal, Moçambique, Angola, Cabo Verde, Macau e Timor, tendo registado em 2012 um volume de negócios de 2,4 milhões de euros. A Alvo foi inclusivamente distinguida em 2009 com o estatuto de PME Excelência – atribuído pelo IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação). A Alvo obteve em Dezembro de 2011 a certificação ISO 9001 concedida pela APCER.

Para mais informações contacte

  • Sílvia Carvalho

    Marketing, comunicação e média

  • 217221100

    ou nº grátis: 800 789 789

  • [email protected]

    Questões ou sugestões

Imagens e documentos para esta notícia

Subscreva a nossa newsletter