Viborel Migração

Case Study

O Cliente

Foi em 1984 que nasceu a Viborel, a Distribuidora de Bebidas que leva todos os dias até ao consumidor marcas míticas que participam nos melhores momentos da vida.

Marcas como Cartuza, Bacalhôa, Aliança, Tapada do Barão, Quinta do Carmo, Laurrent- Perrier, Cachaça 51, Whyte&Mackay, Murganheira, Raposeira, Favaios ou Corona ajudam-nos a celebrar momentos marcantes nas nossas vidas.

O Desafio

A Viborel possuía dezenas de caixas de correio enormes utilizando tecnologia obsoleta e susceptível a erros e ataques de malware.

A Viborel tem já uma estrutura informática considerável, com dezenas de utilizadores e tem também um site web interno para os vendedores externamente acederem e fazerem encomendas.

A Viborel também tem utilizadores na Madeira a acederem via VPN à sede. Com o apogeu dos smartphones e tablets, houve um grande tráfego de Internet não controlada.

Com estes dados referidos era urgente haver controlo e segurança da informação que circulava na rede informática.

O Percurso

O cliente começou a notar que era urgente tomar medidas, e consultou a Alvo.

A Viborel começou a notar a rede informática extremamente lenta, quantidades massivas de email fraudulento e perigoso. Também ficou preocupado com os acessos dos smartphones e pcs que não eram da empresa a aceder à rede interna.

a solução

A Alvo sugeriu migrar os emais para o Office 365 da Microsoft, bem como implementar UTM na Viborel.

Foi também sugerido implementar uma Internet à parte, para os dispositivos que não eram de trabalho ou de visitantes.

a implementação

Migraram-se as caixas de correio para o Office 365 da Microsoft.
Foi feito e executado um plano de migração das mailboxes dos psts locais para o Office 365. Em 48 horas a Viborel já tinha os emails salvaguardados e protegidos por esta tecnologia da Microsoft.

Implementou-se uma aplliance Watchguard, para fazer de Firewall, VPN server, webfilter e criação de rede Wi-Fi Guest.

Os resultados

A quantidade abismal de emails perigosos e fraudulentos que a Viborel recebia, foi reduzida praticamente a zeros.
Os colaboradores da Viborel começaram a ter a informação das suas mailboxes sincronizadas a 100% pelos vários dispositivos (smartphones, portáteis, tablets, etc),  respondendo e enviando emails na hora, sem esperarem ter que chegar ao escritório pois a quota de armazenamento do Office 365 é enorme.

A Viborel com a Watchguard ficou com a sua rede interna protegida contra ameaças externas, a VPN para a Madeira ficou encriptada, mais segura e estável.

Com a criação de uma rede Guest Wi-Fi, os colaboradores deixaram de ter os deus dispositivos móveis “pendurados” na rede de trabalho, bem como clientes e fornecedores que se necessitassem de acesso web, poderiam aceder a esta rede Guest, vindo daí mais segurança. A rede corporativa, deixou de apresentar sinais de lentidão e não fica tão exposta a acessos indevidos aos recursos informáticos da empresa.

PEDIR INFORMAÇÕES
@ 2018 Alvo - Todos os direitos reservados