Use o ERP Primavera para gerir os seus projetos e beneficiar de ganhos de produtividade e de tempo de investimento face ao modelo baseado em Excel, obtendo uma maior rentabilidade geral para o seu negócio.

 

Os projetos são uma realidade cada vez mais em voga nas organizações modernas, tornando-se necessário – ou até obrigatório – que estas pratiquem uma gestão mais criteriosa ao longo de todas as fases de forma a garantir a máxima rentabilidade. A gestão de projetos com um conjunto de ficheiros em Excel acaba por se tornar uma tarefa cada vez mais complexa, podendo até colocar em causa a produtividade de uma organização. Embora não seja de todo recomendável, esta é ainda uma prática utilizada no tecido PME nacional.

É imperativo que as PME apostem cada vez mais numa solução integrada, automatizada e colaborativa. Por exemplo, ao usarem o ERP Primavera terão dois benefícios imediatos: ganhos ao nível da produtividade das equipas e do tempo de investimento. No final, terão essa tão desejada maior rentabilidade para os seus negócios.

Enquadramento e ciclos de vida de um projeto

Existem várias definições de projeto – todas elas diferentes, mas com muitos pontos em comum. O Project Management Institute (PMI) definiu em 2013 um projeto como sendo “o esforço temporário, com uma data de início e término, empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo”. No mesmo sentido, Rodney Turner diz em 2009 que se trata de “uma organização temporária em que os recursos são atribuídos para fazer um determinado trabalho com o intuito de produzir uma mudança benéfica”. Já no entender de Kerzner (2009), “um projeto é uma série de atividades e tarefas que tem um objetivo específico a ser concluído num determinado prazo e respeitando determinadas especificações, tem datas de início e fim definidas e consome recursos (humanos e não humanos) ”.

O ciclo de vida de um projeto é constituído por fases que o acompanham na íntegra, desde o seu início até ao fim. Regra geral, estas fases são sequenciais e as respetivas designações e quantidades são determinadas pelas necessidades de gestão e controlo das organizações envolvidas no projeto.

 


Gestão de projetos e ferramentas de apoio

A complexidade na execução dos projetos e a crescente competição existente no mercado global faz com que as empresas coloquem um maior foco na gestão dos seus projetos, que devem ser levados a cabo com o máximo nível de detalhe. 

Segundo a norma ISO 215009, é possível definir a gestão de projetos como a aplicação de métodos, ferramentas, técnicas e competências através de um processo que inclui as várias fases do ciclo de vida.

Com o apoio dos sistemas integrados de gestão, é cada vez mais fácil fazer um controlo dos custos e proveitos permitindo analisar as margens e eventuais desvios em tempo real. A ideia é simples e eficaz: No momento de registo dos documentos na aplicação associa-se o respetivo projeto, tornando o válido para os documentos relativos a compras e vendas. Claro que, para além destes documentos existem, outros custos e que devem necessariamente ser registados na aplicação – estamos a falar de consumos, custos com o pessoal ou custos de estrutura, entre outros.

Através do módulo de Projetos, o ERP Primavera dá-lhe o acesso a um painel de projeto através do qual poderá controlar em tempo real a rentabilidade efetiva dos seus projetos, com as margens previstas e efetivas, libertando assim os seus recursos e simplificando o processo de gestão de controlo dos projetos.

A Alvo é dos parceiros Primavera com maior número de técnicos certificados e qualificados para implementar e dar suporte ao software Primavera. Para qualquer esclarecimento adicional, incluindo a configuração do seu ERP Primavera não hesite em contactar-nos através do telefone 800 789 789 ou do endereço [email protected] 

Ainda não é cliente Alvo? Teste os nossos serviços de suporte gratuitamente e sem compromisso durante 30 dias.