800 789 789

Deseja ser contactado ou tem alguma questão acerca da nossa oferta?







Direto ao Alvo: Entrevista a Rui Farinha Pereira | Consultor Alvo

“É uma empresa perfeitamente apta a fornecer a digitalização dos processos de negócio”


Rui Farinha Pereira integrou a Alvo há menos de um mês, mas traz consigo 12 anos de experiência no mundo das TI. Conquistado pelo ambiente interno da empresa e pela abordagem de mercado, o consultor Alvo para a área dos serviços profissionais estará estreitamente ligado à solução Valuekeep. Uma ferramenta que, a seu ver, tem um vasto potencial no mercado português – e não só.
 
 

Integrou a Alvo há menos de um mês. Como descreveria o seu percurso profissional antes desta etapa?

Estou no mundo das TI há cerca de 12 anos. Comecei o meu percurso como web designer e depois passei a ser técnico Primavera, tirando as certificações necessárias para a função. Acabou por ser uma mudança bastante fácil, dado que sempre tive uma capacidade autodidata na área TI e que o meu percurso académico foi feito na área da gestão de empresas. Ao longo destes anos, concluí mais certificações e melhorei competências porque acredito que parar é morrer, sobretudo nestas áreas tecnológicas. Depois da passagem por outras empresas, aceitei recentemente este novo desafio na Alvo. É um nome altamente reconhecido no mundo do software Primavera, pelo que nem hesitei.

 
 
 
 

Rui Farinha Pereira - Consultor Alvo

Foi logo conquistado pela empresa?


Identifiquei-me, logo após o primeiro contacto, com a abordagem da Alvo ao mercado. Mas gostei também dos processos internos e do espírito de equipa que promovem, algo que considero ser da maior importância. Agora o objetivo será continuar a crescer e contribuir também para o crescimento da Alvo. E, claro está, ser um incremento de qualidade nos serviços profissionais prestados.

É consultor Alvo na área dos serviços profissionais. Em que é que esta função se traduz, na prática?

Trata-se de um trabalho de consultoria relacionado, sobretudo, com a área de projeto com clientes já existentes do ERP Primavera, mas também possíveis novos clientes. Estarei muito ligado a uma área na qual tenho grande expertise – logística e tesouraria –, mas também à área da manutenção, com a solução Valuekeep. É uma solução bastante moldável à realidade dos diversos clientes e que pode ser integrada com o ERP Primavera.

Acredita que este segmento da gestão de manutenção tem um grande potencial?


Sim, sobretudo porque todas as empresas acabam por ter necessidades de manutenção dos seus equipamentos, em maior ou menor escala. Quando se fala de manutenção, tende-se a pensar sempre em questões industriais, porém qualquer empresa possui os mais variados tipos de equipamentos sujeitos a avarias, como equipamentos de ar condicionado ou computadores. O software de manutenção prevê estas avarias e, em caso de ocorrência, tem ferramentas de reporting e de lançamento de intervenções. Com uma solução destas, em vez de esperar que os equipamentos avariem, é possível agir proativamente e poupar custos.

Quais são, na sua perspetiva, as três características fundamentais que diferenciam o Valuekeep?


A sua mobilidade, a capacidade de parametrização – já que se adapta rapidamente a qualquer tipo de dimensão e área de negócio – e a sua competitividade. Não é por acaso que, sendo um software português, tem já implementação por toda a Europa e noutras regiões do mundo.

E qual é a vantagem de integrar o Valuekeep com o ERP Primavera?


As empresas que integrem o Valuekeep com o ERP Primavera podem fazer, facilmente, a migração de tudo o que esteja relacionado com os artigos da manutenção, centros de custo ou funcionários. Isto não só apoia o fornecimento automático de dados ao Valuekeep, como vai permitir obter todo o reporting relacionado com a ferramenta de manutenção dentro do ERP Primavera.

Referiu, no início da entrevista, que a Alvo é um nome altamente reconhecido no mundo do software Primavera. A seu ver, o que contribui para esta imagem positiva?


A Alvo tem, nos seus quadros, competências robustas que permitem entregar uma solução chave-na-mão ao cliente. Sobretudo porque contempla tanto a área de software – com o ERP Primavera, o Valuekeep e até soluções desenvolvidas internamente –, como também toda a área de sistemas. É uma empresa perfeitamente apta a fornecer a digitalização dos processos de negócio, algo cada vez mais procurado e apreciado pelos clientes. Além disso, há um feedback positivo no mercado relativo ao ambiente organizacional que se vive aqui. E esta é uma dimensão que também conta muito.